Últimas Resenhas

[Resenha} A Deusa da Guitarra #01 - Sasha Marshall

22 maio 2017

Título: A Deusa da Guitarra - Livro 01
Série: Guitar Face #01
Gênero: Romance | Hot | YA
Autora: Sasha Marshall
Editora: Coerência
Páginas: 342
Ano: 2017


Sinopse:
Minha história não é para quem tem coração fraco. Ela é repleta de lindos empecilhos e tragédias que beiram a aflição. Eu nasci no mundo do rock-n-roll, era uma mera menina, que só queria ter sua própria cara de guitarra. De alguma forma, entre amplificadores, acordes e guitarras, encontrei o meu lugar. Nasci para criar música e fazer a multidão ficar de joelhos… até ser interrompida. Até o momento em que, pensar em fazer parte disso tudo, sem a presença dele, me causava náuseas.
Pensei que pudesse fugir do rock-n-roll, mas não consigo. Meu irmão é um rock star, e todos os nossos amigos fazem parte dessa indústria. De uma forma ou de outra, tenho o pressentimento que serei sugada de volta, apesar de temer não sobreviver. Talvez eu tenha mais chance de sobreviver ao rock-n-roll do que de sobreviver ao Jagger Carlyle. Jag é o melhor amigo do meu irmão, vocalista principal e guitarrista da banda Broken Access. Eu o amo desde menina, mas a indústria da música e o meu medo de rejeição, me impediram de assumir esse sentimento por todos esses anos. Quando as faíscas começam a inflamar e o mundo se empenha em nos separar, chego a pensar se o amor será o bastante.
Minha história te fará chorar, seja por tristeza, ou por causa do Kip. Basicamente, Kip é um idiota, mas ele é o meu melhor amigo. Ele tem o hábito de me acordar com filmes pornográficos europeus ridículos, e tem o dom de dizer as coisas mais inadequadas. À noite, é baterista; durante o dia é meu parceiro de crime. Eu deveria ter me apaixonado por ele, mas ele nunca cala a p***a da sua boca. Ele sempre foi o meu porto seguro, e, quando meu coração é partido em dois pelo Jagger, é Kip quem fica ao meu lado.
A Deusa da Guitarra ganhou dois prêmios SIBA, o segundo lugar como melhor romance independente de Humor e segundo melhor New Adult. Ele é o primeiro volume de uma série, com uma forte protagonista, bad boys e muito rock. Não se trata de um romance clichê com rock stars; ele te levará a uma nova aventura, diferente de tudo o que você já viveu. Se você procura por uma história de redenção, com alívio cômico e conteúdo altamente sensual, você encontrou o que procurava. Se você se ofende com rock stars tatuados, sensuais, e com linguagem vulgar, esse livro não é para você. Leitura inadequada para menores de 18 anos. A série possui conteúdo sexual, violência e linguagem inapropriada.



Quem 
acompanha o paraíso, já viu as primeiras impressões desse livro incrível passando por aqui e sabe o quanto eu amei, hoje é dia de desabafar e falar um pouco mais sobre essa coisa linda, e se você não viu as impressões, não tem problema vou repeti-las para vocês.

[Resenha] Três Coroas Negras #01 - Kendare Blake

20 maio 2017

Título: As Três Coroas Negras - Livro 01 
Subtítulo: Na hora de reinar, apenas uma restará
Série: Três Coroas Negras #01
Gênero: Fantasia | Ficção | YA
Autora: Kendare Blake 
Editora: Globo Alt
Paginas: 304
Ano: 2017
  

Sinopse:

A cada geração na ilha de Fennbirn nascem rainhas trigêmeas: três herdeiras da coroa, cada uma com um poder mágico especial. Mirabella é uma elemental, capaz de produzir chamas e tempestades com um estalar de dedos. Katharine é uma envenenadora, com o poder de manipular os venenos mais mortais. E Arsinoe é uma naturalista, que tem a capacidade de fazer florescer a rosa mais vermelha e também controlar o mais feroz dos leões. Mas para coroar-se rainha, não basta ter nascido na família real. Cada irmã deve lutar por esse posto, no que não é apenas um jogo de ganhar ou perder: é uma batalha de vida ou morte. Na noite em que completam dezesseis anos, a batalha começa. 

Ei 
pessoal,
Minha relação com esse livro foi de amor à primeira vista, logo que vi a capa, enlouqueci, a sinopse foi só um aperitivo a mais, então não é surpresa que logo que ele chegou já fui devorando as páginas, e as minhas impressões apresento agora para vocês.

Numa ilha em Fennbirn uma rainha dá a luz a trigêmeas, elas não são idênticas, muito pelo contrário, são diferentes em cada molécula do corpo, quando as meninas fazem 6 anos, são separadas e entregues a famílias que terão a missão de criá-las e prepara-las para serem a próxima rainha, sim você não leu errado, quando elas fizerem 16 anos, um ritual de apresentação será feito, e a partir daquele momento, cada uma possui autorização para matar as outras duas, já que apenas uma Rainha poderá tomar o trono.

[Resenha] Superando Com Amor - Mari Sales

19 maio 2017

Título: Superando com Amor
Gênero: Literatura Nacional | Romance | Drama
Autora: Mari Sales
Editora: Amazon
Páginas: 241
Ano: 2017
Onde comprar: Amazon  


Sinopse:

É possível superar a culpa pela dor causada de propósito a uma pessoa?
O vilão de uma história tem o direito a um final feliz?
Isabel não é exemplo a ser seguido de adolescente, apesar de ser referência para todos os seus colegas tolos. Bonita e arrogante, ela não possui pudor quando se trata de humilhar uma pessoa. Suas atitudes mudam quando prejudica gravemente outra pessoa e seu futuro ganha um novo rumo, cheio de culpa e abnegação. Luís segue sua adolescência tirando vantagem de meninas de forma irresponsável. Um dia, chega em casa e se vê cúmplice e vítima de um atentado causado pelo próprio pai. Inconsequentes, os dois seguem para o fundo do poço e Luís consegue sair de dentro dele, carregando nas costas o próprio causador de seu declínio.
Mudados pelos acontecimentos da adolescência, seus caminhos se cruzam dez anos depois, os assombros que seus traumas e culpas ainda causam fazem com que suas almas se identifiquem e a atração seja imediata. Enquanto um deles busca um acordo com o passado, o outro acredita que não deve ser feliz e juntos, tentam superar a dor causada pelo passado com o amor.



Olá 
Pessoal, tudo bem?
Hoje eu trago para vocês a resenha da leitura do feriado de " 1 de Maio", e nada melhor do que um delicioso romance com superação de uma grande culpa. Assim que vi o nome do livro já me identifiquei e então comecei a ler, e aí a relação entre o livro e minha vida só foi aumentando.

"Quem semeia vento, colhe tempestade"


[Lançamento Editorial] Coerência Maio

17 maio 2017

Hoje é dia de Lançamentos!! Vem conferir os lançamentos da parceira Editora Coerência!!!

Sinopse:
Minha história não é para quem tem coração fraco. Ela é repleta de lindos empecilhos e tragédias que beiram a aflição. Eu nasci no mundo do rock-n-roll, era uma mera menina, que só queria ter sua própria cara de guitarra. De alguma forma, entre amplificadores, acordes e guitarras, encontrei o meu lugar. Nasci para criar música e fazer a multidão ficar de joelhos… até ser interrompida. Até o momento em que, pensar em fazer parte disso tudo, sem a presença dele, me causava náuseas.
Pensei que pudesse fugir do rock-n-roll, mas não consigo. Meu irmão é um rock star, e todos os nossos amigos fazem parte dessa indústria. De uma forma ou de outra, tenho o pressentimento que serei sugada de volta, apesar de temer não sobreviver. Talvez eu tenha mais chance de sobreviver ao rock-n-roll do que de sobreviver ao Jagger Carlyle. Jag é o melhor amigo do meu irmão, vocalista principal e guitarrista da banda Broken Access. Eu o amo desde menina, mas a indústria da música e o meu medo de rejeição, me impediram de assumir esse sentimento por todos esses anos. Quando as faíscas começam a inflamar e o mundo se empenha em nos separar, chego a pensar se o amor será o bastante.
Minha história te fará chorar, seja por tristeza, ou por causa do Kip. Basicamente, Kip é um idiota, mas ele é o meu melhor amigo. Ele tem o hábito de me acordar com filmes pornográficos europeus ridículos, e tem o dom de dizer as coisas mais inadequadas. À noite, é baterista; durante o dia é meu parceiro de crime. Eu deveria ter me apaixonado por ele, mas ele nunca cala a p***a da sua boca. Ele sempre foi o meu porto seguro, e, quando meu coração é partido em dois pelo Jagger, é Kip quem fica ao meu lado.
A Deusa da Guitarra ganhou dois prêmios SIBA, o segundo lugar como melhor romance independente de Humor e segundo melhor New Adult. Ele é o primeiro volume de uma série, com uma forte protagonista, bad boys e muito rock. Não se trata de um romance clichê com rock stars; ele te levará a uma nova aventura, diferente de tudo o que você já viveu. Se você procura por uma história de redenção, com alívio cômico e conteúdo altamente sensual, você encontrou o que procurava. Se você se ofende com rock stars tatuados, sensuais, e com linguagem vulgar, esse livro não é para você. Leitura inadequada para menores de 18 anos. A série possui conteúdo sexual, violência e linguagem inapropriada.



Sinopse

Destino, meta, lugar onde se deseja chegar. É comum vivermos sem saber exatamente para onde estamos indo, porém, não é normal, diz o autor. Ninguém compra uma passagem para lugar algum.
Para onde iremos? É um livro que aborda os aspectos mais importantes da caminhada da vida. Entre elas a família, caráter e a mais importante de todas as questões: Qual destino você quer chegar? Para João Borges Ch. S. “A Caminhada é tão importante quanto o destino”. Não basta simplesmente saber o destino é importante conhecer a caminhada e fiscalizar a bagagem que carregamos nessa viagem, pois, no final dela, ou estaremos eternamente juntos de Deus, autor da vida e fonte de toda existência, ou estaremos eternamente separados dEle.
Como podemos então garantir que nossa caminhada nos leve para onde realmente precisamos ir? E ai, o que te impede de chegar onde você deseja chegar? E como ultrapassá-lo? O autor desenrola o tema e faz um xeque-mate mostrando o caminho para restauração e o porto seguro.

Em breve resenha fresquinha!!!

[Resenha] Surpreendente - Maurício Gomyde

15 maio 2017


Título: Surpreendente!
Gênero: Drama | Romance | Literatura Nacional
Autora: Maurício Gomyde
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Ano: 2015


Sinopse:

Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o prêmio mais importante do cinema brasileiro.O problema: não ter a menor ideia de como fazer isso.
Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora na periferia, Pedro planeja seu próximo filme - a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem, feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.





Olá, 
tudo bem?
É com muito carinho que trago hoje a resenha de mais um livro do ilustre Maurício Gomyde, como já conversei com ele, os livros dele sempre me marcam profundamente, e me arrancam muitas lágrimas e suspiros, e claro que, com esse livro não poderia ser diferente né ? E saiba que o nome do livro não é a toa, pois ele realmente é SURPREENDENTE!

"Se você passar toda a vida sem fazer algo excepcional por alguém, viver não terá valido à pena."


[Resenha] Universo Obscuro - Vina Ferreira

13 maio 2017


Título: Universo Obscuro
Gênero: Erótico | Romance
Autora: Vina Ferreira
Editora: Independente
Páginas: 236
Ano: 2016

Onde adquirir: Amazon


Sinopse:

Laila é uma mulher madura, vive uma vida perfeita e desejada pela maioria das pessoas normais. Mas ela não é normal, ela é inquieta e esconde alguns desejos sombrios que nunca compartilhou com ninguém, nem mesmo com seu marido, Pierre. Seus desejos a levam por um caminho perigoso e por um tempo, Laila se permite libertar a sua escuridão, mas Pierre a puxa novamente para a vida perfeita e ela volta para o mundo das pessoas normais.
O tempo passa, Laila engole os seus segredos mantendo-os trancafiados dentro de si, mas o destino joga na cara dela, sem nenhuma piedade, que controlar a vida não é uma de suas tarefas. Uma fatalidade muda o seu mundo bruscamente e suas sombras voltam a assombrá-la.
Tentando aplacar os seus desejos sombrios, Laila decide compartilhar a sua realidade, disfarçada em uma história de fantasia. Um livro, uma história que faz dela uma escritora de sucesso, mas também a leva a um novo encontro com o seu passado, lhe forçando a encarar as sombras adormecidas na sua alma e dessa vez, ela não tem mais como fugir e se esconder.
Universo Obscuro é uma história vivida em um mundo nebuloso, repleto de desejos secretos e sombrios, mas é também uma história de amor, demonstrando que nem sempre a escuridão é algo negativo, porque afinal, sem a escuridão, não haveria luz!




Olá
Pessoal, tudo bem?
A obra sobre a qual vou falar hoje é de uma autora que conheci a pouco tempo e que me conquistou com sua escrita. Esse é o segundo livro que leio dela, o primeiro foi Eternidade, e tenho que dizer que apesar dos livros serem totalmente opostos, a escrita dela continua perfeita, engoli o livro em menos de 4 horas .. e ainda me deixou com gostinho de quero mais ..Então vamos lá para o que importa né !? Rs

"Se você está aqui é porque seu corpo está pedindo por algo que sua alma não pode lhe dar. Liberte-se, deixe apenas o seus corpo agir, fale comigo" 


[Resenha] O Sol também é uma estrela - Nicola Yoon

11 maio 2017

Título: O Sol também é uma estrela 
Gênero: YA | Romance 
Autora: Nicola Yoon 
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2017


Sinopse:
Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história.
Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois.
O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?



Essa 
é minha primeira experiência com a escrita da Nicola e posso dizer com todo meu coração que Uol!!! Depois de A química que há entre nós, achei que ia demorar um pouco para encontrar algo tão surpreendentemente sensível, mas não demorei.


"As pessoas passam a vida inteira procurando o amor. Mas como a gente vai confiar numa coisa que pode acabar tão subitamente quanto começa?"

Natasha Kingsley está tendo um péssimo dia, graças ao seu pai, descobriram a condição ilegal deles nos EUA e ela precisa correr contra o tempo para tentar reverter isso.

Daniel Bae, tem uma família bem difícil, filho de coreanos legítimos, seu pai não se importa com o que ele deseja, ele só quer que o filho seja médico e tenha uma vida melhor, mas não é isso que ele quer! Daniel sonha em ser poeta, e no fim? Nem sabe se é isso mesmo, só sabe que aos 17 anos não deveria ter que decidir sua vida, mas ainda sim, ele está seguindo para uma entrevista de admissão, para fazer medicina em uma boa faculdade.

Depois de vários acontecimentos do "destino" esses dois se encontram, e contra tudo que é possível, vão passar um dia inesquecível, e mais uma vez, contra todas as possibilidades irão se amar de forma simples e rápida, mas não menos sincera nas poucas horas que terão.



"O amor não é uma religião. Ele existe quer você acredite ou não."

As coisas vão acontecendo e os desfechos vão aproximando os dois de forma mútua, tudo muito bem construído, de uma forma real, Daniel e Natasha se aproximam e passam por um dia questionável!!! Ela a água, ele o óleo, estão fadados a não se aproximarem ou se amarem. Ela pratica e direta, sincera e até mesmo pessimista. Ele, sonhador, romântico, poeta, o completo oposto dela que almeja a ciência.

São tantos diálogos lindos, tantas imposições postas, uma batalha real entre o amor e a ciência, uma cheia de explicações e o outro apenas alusões. Durante toda a leitura me senti como se estivesse assistindo os dois lados da minha personalidade discutirem, como seu meu lado sonhador quisesse mostrar a razão para o o meu lado pessimista e racional, e o mesmo não se deixasse vencer. Natasha é prática e racional, Daniel é sonhador e apaixonado, dois elementos químicos complexos e diferentes que vencem as probabilidades e se unem. Às vezes também via minha própria relação espelhada no casal, meu noivo super pratico, realista e calculista, e eu sonhadora, apaixonada e avuada kkkkkkk isso gera discussões a beça!!

Durante todo o enredo, cada personagem que passa pela vida dos protagonistas tem algum problema, não porque a autora goste de problemas, mas talvez porque nós os temos, a questão é, nos tornamos tão insensíveis que somos incapazes de ver ou imaginar os problemas alheios? De pensar antes de xingar? Na minha opinião? Sim caros leitores, nos tornamos.

Tenho como exemplo Irene,uma personagem delicada, aparece poucas vezes, mas representa de forma perfeita a sensibilidade do alheio. A falta de conhecimento, e o fato de que nem tudo é o que parece. Apesar de parecer mau humorada, grossa, ela é apenas uma pessoa solitária, depressiva, esperando por uma ajuda que não vem.

A escrita da Nicola é impecável, surpreendente, apaixonante e sensível ao extremo, me faltam elogios para essa escritora que foi direto para o hall das queridas!!! O livro tem uma pegada de romance com muita realidade, filosofia, ciência e conscientização humana. Os personagens são extremamente maduros, e se não fossem as já conhecidas incertezas da idade ou a sinopse, eu me esqueceria completamente que eles são apenas adolescentes. 



"Acho que todas as nossas partes boas estão conectadas em algum nível. A parte que divide com outra pessoa o último biscoito de chocolate do pacote, que faz doação para uma instituição de caridade, que dá um dólar para um músico de rua, que trabalha como voluntária, que chora com os comerciais da Apple, que diz eu te amo e eu te perdoo. Acho que isso é Deus. Deus é a conexão com a melhor parte de nós."

E com relação ao final, só posso dizer que a mensagem para mim foi clara como uma placa em neon. Quando tem que ser, será!

A escrita da autora é leve e contagiante, os capítulos são curtos e isso facilita muito a leitura, além claro, do livro ser narrado hora em terceira pessoa hora em primeira. As primeiras são divididas entre Daniel é Natasha que vão descrevendo seu dia e seu sentimento, a terceira apresenta aqueles personagens que seriam rapidamente esquecidos se não fosse a autora.

A edição nem preciso falar né? Perfeição define! Capa linda, diagramação impecável, revisão perfeita.

Para quem curtiu romances como Zack e Mia, Eleanor e Park, A química que há entre nós, Um mais Um e mais alguns, vai amar a leitura!!




Real Time Web Analytics